Como equilibrar o controle emocional em quadra

Quem é atleta sabe: o controle emocional define uma partida. Mas para quem começou a competir agora ou quem sente dificuldade com a pressão em quadra, nós da Tennispace vamos falar um pouco sobre a importância do controle emocional e dar algumas dicas para que você não deixe o nervosismo desfocar você.

Medo, frustração, alegria, tristeza, entre outros sentimentos fazem parte da natureza humana e é muito comum que em momentos em que estamos no nosso limite, (como em uma competição) eles aflorem. Isso é totalmente natural, mas na hora do jogo é preciso saber controlá-los.

Roger Federer é recordista de títulos do Grand Slam e ainda enfrenta o nervosismo em quadra. Na sua vigésima conquista, ele admitiu em entrevista ter sentido a pressão: “No final do segundo set, eu fiquei nervoso e foi por isso que perdi aquele set e não pude controlar a partida”. Ou seja, todos estamos sujeitos a pressão, mas não podemos nos deixar levar pelo nervosismo.

O tênis é um esporte solitário. Dentro de quadra o atleta pode contar apenas consigo e com o treinamento adquirido, por isso, é um esporte que exige autoconhecimento e autocontrole. É importante dosar os sentimentos, pense bem: o excesso de confiança pode levar à displicência, sentimento que não deve nortear um tenista. Já o medo, também prejudica o desempenho do atleta, travando o seu jogo. Pensando por esse lado, equilíbrio é tudo não é mesmo?

O controle emocional precisa ser trabalhado desde os treinos, e não somente momentos antes da competição. O treinamento é considerado o ensaio para o confronto, por isso fazer um trabalho que vai além da parte física é essencial. Só é possível manter-se focado quando você entende suas emoções, tem autoconfiança e possui motivações para alcançar a vitória.

 

O corpo e a mente funcionam juntos, complementando um ao outro, sendo assim, trabalhe seu emocional: motive-se conversando com pessoas que incentivam você, ouça músicas que lhe fazem bem, foque no seu treinamento e nos seus pontos fortes e lembre-se: se mantenha concentrado e determinado no seu objetivo. A ansiedade faz parte do esporte, sem ela, ficar “desleixado” durante o jogo pode acontecer.

Durante um jogo de tênis milhares de decisões são tomadas em um curtíssimo espaço de tempo. Por isso, o esporte também é considerado um jogo mental: quem está concentrado e focado toma melhores decisões do que quem está desestimulado.

A ansiedade da competição, a incerteza do resultado, o medo do fracasso e toda a expectativa que norteia um confronto afeta o psicológico, por isso o processo de desenvolver o controle emocional se dá a partir do processo de autoconhecimento. É preciso também confiar na sua capacidade, desenvolver seus potenciais e trabalhar os pontos mais fracos junto a equipe de treino. É importante também refletir sobre alguns pontos que precisam de atenção e que muitas vezes podem ser negligenciados no dia a dia dos treinos:

 

  • Saiba quais são seus pontos fortes, trabalhe-os e estabeleça estratégias confortáveis para desenvolver em quadra.
  • Tente identificar da forma mais clara possível seus pontos mais vulneráveis e trabalhe com sua equipe de treinos para reverter ou minimizar essa situação.
  • Seja confiante. Acredite no seu potencial e capacidade, você treinou e trabalhou duro. A autoconfiança também faz parte do jogo e pode ser decisiva.
  • O tênis é um jogo ponto a ponto. Seja resiliente e caso não esteja indo bem se apegue ao que foi treinado, mantenha-se concentrado e atento para reverter uma situação desconfortável.
  • Aprenda a conviver com a pressão. Isso deve ser desenvolvido no decorrer do treinamento para manter a concentração, determinação e não deixar o nervosismo “cegar” o atleta. É importante o pensamento positivo e controle dos sentimentos.

Essas são algumas dicas que nós da Tennispace trazemos para você. Lembre-se: não há jogo perdido nem ganho sem entrar na quadra e disputar cada ponto com determinação, do primeiro ao último game. Mantenha o pensamento positivo, coloque em prática tudo que você trabalhou e jogue com alegria. Cada jogo é um aprendizado que você leva para casa. O tênis é um esporte rico, carregado de emoções e lições, portanto, aproveite cada momento em quadra e desenvolva seu controle emocional para lidar com essas competições. Acredite sempre no seu potencial!

 

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *